Posts Tagged ‘Brasília’

 Expresso Pequi

Goiás247 – O trem de alta velocidade ligando Brasília a Goiânia – apelidado de Expresso Pequi -, com ramificações para as cidades de Águas Lindas de Goiás e Santo Antônio do Descoberto, no Entorno Sul do Distrito Federal, voltou a ser tema de importante reunião entre o governador Marconi Perillo e o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, na tarde desta quarta-feira (10).

No encontro, o governador e a direção da ANTT definiram um cronograma para realização, já no ano que vem, dos estudos de viabilidade e do projeto executivo.

De acordo com a previsão apresentada por Ronaldo Magalhães, técnico-financeiro da ANTT, até maio do próximo ano uma empresa de consultoria deverá apresentar o resultado do estudo de viabilidade. Em seguida será iniciado o projeto executivo para que a obra seja colocada em licitação. Técnicos da agência expuseram ao governador os estudos de viabilidade técnica, econômica, socioambiental e jurídico-legal para o desenvolvimento estratégico do transporte ferroviário de passageiros e carga no corredor Brasília/Anápolis/Goiânia.

O encontro ocorreu na sede da ANTT, em Brasília, na presença também do secretário de Cidades, João Balestra, do deputado federal eleito, Célio Silveira e da deputada estadual eleita, Lêda Borges, ambos representantes dos municípios goianos localizados no Entorno do DF. O diretor-geral da ANTT, Jorge Bastos, lembra que após a conclusão do projeto executivo, o trem será detalhado para a presidente Dilma Rousseff, a quem caberá dar a palavra final para a execução da obra.

“A execução do projeto está sendo amadurecida há muito tempo. Nós assinamos o primeiro protocolo há dois anos e meio juntamente com o governo de Brasília, a ANTT, Sudeco e vários outros órgãos federais e estaduais”, afirmou o governador. “Agora nós já estamos vendo a finalização do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEC) e vamos partir para uma próxima etapa, que é a definição do trajeto, de custos, enfim, do projeto executivo. Isso tudo pode ficar pronto até o final de 2015 para que em 2016 esse projeto possa começar a se tornar realidade”, disse Marconi.

“Nós pretendemos levar o projeto para o Governo Federal para que ele analise, com dados já conclusivos, a demanda e o custo do projeto, para que (a União) tenha sensibilidade maior para viabilizar a obra”, declarou Jorge Bastos. De acordo com os primeiros estudos elaborados por técnicos da ANTT, o trem de alta velocidade entre Goiânia e Brasília seguirá os mesmos parâmetros do projeto já elaborado para a construção do ramal entre Campinas/São Paulo e Rio de Janeiro. A velocidade máxima será de 200 quilômetros por hora estimando-se o máximo de uma hora e meia para a conclusão do trajeto, contando-se com as paradas previstas.

O trem entre as duas capitais, somando-se os ramais para as duas cidades do Entorno – Santo Antônio do Descoberto e Águas Lindas de Goiás – atenderá uma população estimada de 6,3 milhões de pessoas, com a previsão de transportar 7,3 milhões de passageiros por ano. O projeto divide a ferrovia em dois tipos de transportes, o regional – Goiânia/Brasília – e o de integração – DF/Águas Lindas/Santo Antônio do Descoberto e Goiânia/Anápolis, também conhecido como semi-urbano. Os primeiros estudos indicam que a linha começará a operar na Rodoferroviária de Brasília e interligará o VLT e o BRT no centro de Goiânia.

ENTORNO

O transporte coletivo de passageiros que atende as cidades do Entorno do Distrito Federal também entrou na pauta da reunião desta quarta-feira do governador Marconi Perillo com o diretor-geral da ANTT, Jorge Bastos. “O diretor Jorge tem-se mostrado extremamente sensível com a situação do transporte coletivo do Entorno. Marcamos um novo encontro para darmos sequência às discussões sobre as medidas que podem ser tomadas para melhorar o serviço. Vamos envolver os governos de Goiás, do DF e Federal para acharmos uma solução para este grave problema. O importante é que há, desde sempre, uma sensibilidade enorme por parte da ANTT e do diretor Jorge Bastos para que resolvamos essa questão”, detalhou Marconi.

A construção de um novo acesso ao novo aeroporto de Goiânia também foi discutida no encontro. O assunto deverá ser tema de nova reunião entre o governador e o diretor-geral da ANTT brevemente.

O governador Marconi Perillo passou a quarta-feira em Brasília onde, além da produtiva reunião na ANTT, prestigiou as posses do novo presidente do Tribunal de Contas da União (TCU ), Aroldo Cedraz, e do vice-presidente, Raimundo Carreiro, ocorridas na parte da manhã e da procuradora de Justiça de Goiás, Ivana Farina Navarrete Pena no recém-criado Conselho Nacional dos Direitos Humanos, ocorrida no final da tarde no Palácio do Itamaraty. Ambas as solenidades foram prestigiadas pela presidente Dilma Rousseff e as mais altas autoridades do governo federal e dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

brasilia

Capital foi citada positivamente pelos palestrantes; Mané Garrincha também recebeu muitos elogios

Brasília foi destaque no III Seminário Gestão Esportiva FGV Fifa Master Alumni, realizado no Rio de Janeiro, na última semana. O evento reuniu especialistas e autoridades do esporte, que traçaram um balanço positivo da realização da Copa do Mundo no Brasil.

“Temos o maravilhoso exemplo de Brasília, que construiu um estádio que em um ano de funcionamento já quebrou recordes de público e teve mais de 40 eventos. Isso é um elefante branco?”, questionou Pedro Trengrouse, um dos idealizadores do evento e o coordenador do curso Fifa/FGV/Cies: Gestão, Marketing e Direito no Esporte.

Em sua palestra, o especialista destacou que é importante reconhecer o trabalho que possibilitou a entrega do Mané Garrincha antes do tempo estimado. “O estádio não estava previsto para receber a Copa das Confederações, mas com as obras adiantadas, entrou na pauta”, afirmou.

A abertura do evento foi feita pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e pelo presidente da FIFA, Joseph Blatter, que ressaltaram o sucesso do mundial de futebol, com marcas históricas, e falaram sobre o sucesso da realização do evento no país. “É a minha 20ª Copa do Mundo e posso dizer que esta Copa é indiscutivelmente um grande sucesso. Só tenho a cumprimentar o povo brasileiro. Eles aceitaram esta Copa. Isso é excelente, o futebol é mais que uma religião. A Copa é mais que um sucesso e estou muito feliz por a FIFA fazer parte disso”, destacou Blatter.

O ministro Aldo Rebelo falou, ainda, sobre o sucesso da realização operacional dos jogos nas cidades-sede, sem incidentes e contrariando as expectativas negativas que alguns tinham em relação à realização do evento no Brasil.

Brasília foi citada como uma das cidades que teve a população mais receptiva, que se empenhou durante os preparativos para o evento e agora colhe resultados positivos. “Cidades como Brasília, que apostaram na Copa e tinham a população dando apoio, estão vivenciando, coincidência ou não, grandes resultados com o evento”, comentou o diretor de Comunicação do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo, Saint-Clair Milesi.

Foto: Glaucya Braga/GDF

Foto: Glaucya Braga/GDF

Codeplan coordena discussão do desenvolvimento econômico do eixo integrado, que também envolve Anápolis e tem PIB de R$ 270 bilhões

Unir forças para o desenvolvimento integrado do eixo Brasília-Anápolis-Goiânia é tema do seminário da Codeplan que acontece nesta segunda-feira (2), na Universidade dos Correios. Representantes das três regiões e técnicos de áreas relevantes ao assunto discutirão durante todo o dia estratégias que visam ao crescimento planejado para os próximos anos.

“Temos de ter capacidade de enfrentar problemas cotidianos e de, ao mesmo tempo, planejar e preparar nossa região para o futuro. Esse encontro é muito importante para que a gente faça um diagnóstico de nossa região e especialmente desse eixo, que é um corredor de oportunidades. O segredo está em estruturarmos uma metodologia que permita uma integração de forças”, afirmou o governador Agnelo Queiroz.

O presidente da Codeplan, Júlio Miragaya, informou que nesse trecho vivem 6,8 milhões de habitantes com renda 70% acima da média nacional. Além disso, esse corredor é considerado o terceiro maior do mercado consumidor do país, com um PIB de R$ 270 bilhões. “A curta distância entre Brasília e Goiânia conduzirá à consolidação de um forte eixo econômico, tendo Anápolis como ponto de interseção, por isso a necessidade de planejamento”.

O prefeito de Anápolis, João batista Gomes Pinto, disse que o maior desafio para se alcançar o sucesso em conjunto é “traduzir o desenvolvimento econômico em desenvolvimento social”. De acordo com ele, esse planejamento só será bem-sucedido se cada região pensar no todo e não apenas no próprio benefício. “Nossa alegria se traduz em resultado para nossa população. Anápolis, como a irmã mais velha do eixo, tem o prazer de contribuir com suas experiências”.

O seminário, que começou às 9h da manhã, segue até às 16h com três mesas de discussão. Os temas discutidos serão os investimentos em logísticas necessários para capitalizar a localização privilegiada; estratégias para a atração de setores industriais dinâmicos para o eixo; e o potencial de desenvolvimento como polo prestador de serviços para a segunda maior região agrícola do Brasil. (Kelly Ikuma, da Agência Brasília)

Joaquim da Fonseca homenageia a cidade. O artista plástico busca valorizar toda a riqueza cultural e arquitetônica do Distrito Federal

amoNo mês em que Brasília completa 54 anos de sua fundação, o Shopping Liberty Mall traz a exposição Brasília em aquarela do artista plástico Joaquim da Fonseca, onde retrata a riqueza arquitetônica, cultural e social da Capital Federal. A exposição fica aberta ao público do dia 14 a 30 de abril, sempre das 10h às 22h, exceto domingos e feriados, que tem horário especial, das 12h às 20h.

Morador de Brasília, desde 2009, o gaúcho de Alegrete-RS dedica-se quase exclusivamente à pintura de aquarelas, sua preferência especial é a paisagem, além, das flores e árvores, que estão presentes em diversos pontos do Distrito Federal. Nos últimos anos realizou diversas exposições tanto na Capital Federal como em outras cidades brasileiras, entre essas Paraty, Niterói e Porto Alegre. A convite da assessoria de cultura da Câmara dos Deputados, apresentou no Palácio do Congresso de Brasília uma exposição de 33 aquarelas.A mesma exposição teve continuidade no Gabinete da Vice-Presidência da República, no Palácio do Planalto.

O Shopping Liberty Mall valoriza a cultura do Distrito Federal no que tange a promoção da nossa cidade. O Liberty Cultural, no qual essa exposição faz parte. É a vitrine para artistas de vários ramos da cultura mostrarem seus trabalhos.

O artista – Nasceu em Alegrete-RS, em 1935. Graduou-se em Artes Plásticas pelo Instituto de Artes da UFRGS (1960) e concluiu sua pós-graduação na Escola de Comunicação Visual (MFA – Mestrado) da Syracuse University, Estados Unidos, em 1983.

É autor, co-autor e tradutor de mais de vinte livros, dentre os quais se destacam livros de viagem a capitais do mundo, parte deles escritos em parceria com Luis Fernando Veríssimo. Professor adjunto aposentado do Departamento de Comunicação da UFRGS, atuou também como docente no Curso de Design do Centro Universitário UniRitter, de Porto Alegre, e foi coordenador do Curso de Comunicação Social das Faculdades de Taquara (RS).

A sinalização dos lugares e monumentos da memória da cidade de Porto Alegre está identificada com ilustrações de Joaquim da Fonseca, mostrando como eram originalmente esses locais.

Serviço

Nome: Exposição Brasília em Aquarela por Joaquim da Fonseca

Data: 14 a 30/4

Horário: de segunda a sábado das 10h às 22h, domingos e feriados 12h às 20h

Vernissage da Exposição: 14/4 às 18h

Artista: Joaquim da Fonseca

Realização: Liberty Mall

Informações: 3328-8915

amoPopulação poderá comemorar aniversário de Brasília em 11 locais. Festividades começam nesta sexta-feira (11) e receberão R$ 12,6 milhões para infraestrutura e contratações artísticas

Os 54 anos de Brasília serão comemorados em 11 locais diferentes, a partir desta sexta-feira (11) até 26 de abril (veja programação). A festa, que recebeu R$ 12,6 milhões em investimentos, terá 132 artistas e grupos do DF contratados, além de sete convidados, entre eles, Thiaguinho e a dupla Humberto e Ronaldo. Outra atração será a II Bienal Brasil do Livro e da Leitura, na Esplanada dos Ministérios.

“Além da Bienal, proporcionaremos ofertas musicais que passam pelo sertanejo, pelo samba, pelo rock e diferentes linguagens musicais que o Brasil cultiva e Brasília acolhe. Teremos a cidade se movimentando na Rodoviária, Biblioteca Nacional, Torre de TV e outros espaços de convivências para a cidadania, com oferta de cultura e entretenimento”, destacou o secretário de Cultura, Hamilton Pereira, durante entrevista coletiva.

Segundo o secretário, com o tema de aniversário “Brasília, capital de todas as artes”, a expectativa é que 250 mil pessoas participem das comemorações, sendo 50 mil desse total apenas no dia 21 de abril.

A abertura da II Bienal está marcada para esta sexta-feira (11), às 20h, no Museu da República, com a participação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e do grupo Tarancón, além da palestra do escritor uruguaio homenageado Eduardo Galeano.

Em um espaço de 16 mil m², o evento literário terá quatro pavilhões com 150 estandes, e reunirá aproximadamente 130 escritores nacionais e internacionais e 70 convidados para a arena jovem e infantil. Além disso, 20 obras de autores brasilienses serão lançadas durante o evento.

A coordenadora da II Bienal, a subsecretária Ivana Santana, detalhou que a programação será destinada para todas as faixas etárias e terá programação de shows relacionados ao Golpe Militar de 1964, que completou 50 anos em 2014.

“Estamos relembrando [do Golpe] para que as pessoas nunca se esqueçam do que aconteceu no nosso país. E nós estamos convidamos alguns grupos musicais e artistas, como MPB4, Quinteto Violado, Quarteto em Cy, que foram importantes figuras artísticas naquele período”, enfatizou Santana.

A Secretaria de Educação disponibilizará cerca de 100 ônibus para o transporte dos alunos da rede pública. Ao lado da Bienal, nos dias 20 e 21 de abril, a Arena Infantil oferecerá brinquedos infláveis e duas tendas de circo.

FESTA – Na Esplanada dos Ministérios, o palco principal terá a apresentação de Thiaguinho e da dupla Humberto e Ronaldo no domingo (20) e, na segunda-feira (21), será a vez de Paralamas do Sucesso e Nação Zumbi. Bandas locais também subirão ao palco para tocar na festa.

No Palco Brasília Capital de todos os ritmos, montado ao lado da Biblioteca Nacional, serão tocados diversos gêneros musicais. No domingo, será a vez dos amantes do rock e do blues curtirem o espaço, e no dia seguinte, o palco dará lugar ao forró, axé e sertanejo.

No Conic, nos dias 20 e 21, será montado um espaço de hip hop para batalhas de B-Boys, batalhas de rima, intervenções de grafite e shows. Os apaixonados por música eletrônica também terão espaço reservado. O público contará no Cine Drive-In com uma estrutura para festa com 12 DJs, das 18h do dia 20 às 6h do dia 21.

Para o público fã de gospel, haverá um espaço reservado ao lado do ginásio Nilson Nelson, onde será montado um palco com shows dos cantores Damares e Thales Roberto, no dia 21.

Já no Cine Brasília, haverá mostra de cinema sobre os 50 anos do golpe militar, feira de vinil e apresentação de DJs. Apresentações de dança e teatro também poderão ser apreciadas no Complexo Cultural Funarte, de 22 a 26 de abril. No Parque da Cidade, sempre no fim de tarde, haverá um palco instrumental. Ao todo, oito artistas vão se apresentar nos dias 19 e 20.

REFORÇO DE TRANSPORTE – Para este ano, o DFTrans se comprometeu em ampliar o número de linhas que saem da Rodoviária do Plano Piloto para as regiões administrativas, principalmente para os eventos que se estendem além das 2h da madrugada. A previsão é que, além dos corujões a partir da 0h, outros veículos saiam, pelo menos, a cada hora para todas as cidades. Para evitar problemas, a fiscalização será intensificada.

Jornalista Manuel Meyer desembarcou em Brasília para promover monumentos, gastronomia e hotelaria local

amoOs monumentos da capital federal são apenas um dos assuntos que devem ser noticiados em dois grandes meios de comunicação da Suíça, como parte de reportagem especial que mostrará o que Brasília tem de melhor para oferecer ao turista durante a Copa do Mundo de 2014.

O jornalista Manuel Meyer chegou no último domingo (6) a Brasília para escrever sobre o que a cidade tem de melhor para oferecer aos turistas que chegarem para o Mundial. O repórter foi recebido pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal e ficará, até esta terça-feira (8), para conhecer restaurantes, hotéis e os principais monumentos da capital federal.

As informações coletadas na cidade, que será palco de sete jogos do Mundial, serão publicadas no Neue Zürcher Zeitung (www.nzz.ch), o principal periódico suíço, distribuído também por toda a Europa. O foco serão as obras de Oscar Niemeyer e o novo Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

“A cidade pode impressionar muito, pois, além da questão arquitetônica, a história da transferência da capital do Rio (de Janeiro) para o interior do país é algo impressionante, tendo em vista o tempo de construção da cidade, que vai completar 54 anos, e por ser Patrimônio Cultural da Humanidade”, disse Manuel Meyer.

Em outra vertente, o jornalista também escreverá matérias especiais sobre gastronomia e hotelaria de Brasília. Com esse foco, o material será divulgado na revista Alacarte. A visita contou com o apoio da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e do Brasília Palace Hotel.

O interesse do país suíço por Brasília é crescente após a decisão sobre os times que jogarão na cidade. A Seleção Suíça jogará contra o time do equador no dia 15 de junho, às 13h, no Mané Garrincha. Neste ano, Brasília recebeu, também, a visita de colombianos e portugueses, cujas seleções também estão confirmadas no Mundial.

Acordo entre as duas capitais estreita laços em áreas como educação, turismo, transporte, mobilidade, cultura e negócios. Foto: Roberto Barroso

Acordo entre as duas capitais estreita laços em áreas como educação, turismo, transporte, mobilidade, cultura e negócios. Foto: Roberto Barroso

 

Brasília tornou-se ontem a primeira cidade-irmã de Washington na América do Sul. O termo de cooperação que irmaniza as duas capitais foi assinado na sede da prefeitura da capital norte-americana pelo governador Agnelo Queiroz e pelo prefeito Vincent C. Gray – a ministra da Cultura, Marta Suplicy, o embaixador do Brasil nos EUA, Mauro Vieira, e a chefe do escritório para assuntos intergovernamentais do Departamento de Estado, Reta Jo Lewis, assinaram como testemunhas.

A partir do acordo, as duas cidades se comprometeram a estreitar os laços em áreas como educação, turismo, transporte, mobilidade, cultura e negócios. Já há estudos no âmbito do GDF para mandar alunos matriculados nas universidades do Distrito Federal para fazer cursos na George Washington University e na Georgetown University, duas das mais prestigiadas universidades americanas. Da mesma forma, alunos americanos farão cursos em Brasília.

Na segunda-feira, já como resultado do acordo, a comitiva liderada pelo governador faz apresentação sobre oportunidade de negócios no DF a um grupo de empresários reunido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.

Em seu discurso, o governador Agnelo Queiroz convidou os americanos a participarem do que chamou de “grande salto em direção ao futuro” dado atualmente pelo Brasil e por Brasília. “Estamos planejando pelo menos cinco programas estruturantes ao mesmo tempo em que nos preparamos para receber dois dos maiores eventos do mundo, as copas do Mundo e das Confederações. Ficaremos felizes em tê-los como parceiros”, falou, antes de mencionar já ter recebido informações sobre o interesse de empresas americanas na gestão do novo Mané Garrincha, que será concedida em licitação internacional.

Representante da Casa Branca em assuntos envolvendo Brasil, Rússia, China e Índia, Reta Jo Lewis, que liderou uma comitiva em Brasília e Rio de Janeiro na semana passada, disse que o acordo entre as duas capitais converge na linha do memorando de entendimentos assinado pela presidente Dilma Rousseff no ano passado. “Estamos celebrando fortes laços entre Brasil e Estados Unidos”, falou.

 

A equipe de reportagem oficial da FIFA está em Brasília para captar imagens e divulgar ao mundo as belezas naturais, arquitetônicas e as histórias de vida no Distrito Federal, assim como os projetos do governo local. O repórter Giusep Cipriano e o cinegrafista James Meckenzie, da IMG Media, representante da FIFA, chegaram à capital federal na segunda-feira (9/7).

A equipe ficará na cidade até 17 de julho e produzirá um documentário para promover Brasília, principalmente, para os turistas estrangeiros.

A motivação é pelo fato de a capital da República sediar a abertura da Copa das Confederações, em 2013, e sete jogos da Copa do Mundo de 2014. O documentário será distribuído a todos os detentores de direitos da Copa do Mundo FIFA (2014) e veiculadas nas mídias oficiais da FIFA.

Acompanhados por representantes da Secretaria de Comunicação do DF, Secretaria de Turismo e Comitê Organizador Brasília 2014, a equipe de reportagem está visitando os principais pontos turísticos do Distrito Federal, entre eles obras de Oscar Niemeyer, como o Museu da República e a Catedral.

Na Torre de TV Digital - mais recente monumento do arquiteto, inaugurado pelo governador Agnelo Queiroz – a equipe de reportagem ficou maravilhada com as imagens de por do sol captadas.

Na quarta-feira, o governador do DF, Agnelo Queiroz, foi entrevistado no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha pela reportagem da FIFA. “Estamos fazendo investimentos na nossa cidade, pensando no legado que virá dessas grandes competições esportivas que sediaremos. Vamos mostrar ao mundo que Brasília é a capital do país e que possui uma diversidade enorme de cultura, arte, história e lazer”, afirmou o governador.

A equipe inglesa almoçou no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha nesta quinta-feira (12), com a secretária de Comunicação Social do DF, Samanta Sallum, e assistiu a um vídeo sobre ecoturismo e esportes de aventura, produzido pelo jornalista e atleta Weimar Pettengill.

Nos próximos dias, a equipe de reportagem da FIFA percorrerá outros pontos turísticos e conhecerá projetos como os Centros Olímpicos. Além disso, irão conhecer a diversidade do Cerrado com uma visita à Chapada Imperial, onde irão registrar a prática do esporte de aventura e realizarão um voo de asa delta no Vale do Paranã.

 

Os atrativos da capital federal serão destaque, mais uma vez, em um veículo de comunicação internacional. Nesta semana, um jornalista e um fotógrafo da revista francesa GQ Magazine participarão, em Brasília, de uma press trip organizada pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). O roteiro, programado com o apoio da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), inclui a arquitetura, história, paisagens naturais e a vida noturna dos brasilienses.

De hoje até 26 de maio a equipe da revista visitará o Memorial JK, Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Torre Digital, Parque da Cidade, Unidade Vizinhança, Universidade de Brasília, Catedral Metropolitana, Santuário Dom Bosco, Biblioteca Nacional e outros pontos. O Congresso Nacional terá uma parada especial, para o conhecimento da política local. As atividades dos jornalistas ainda incluirão entrevistas com artistas locais e refeições em restaurantes famosos na cidade.

O resultado da visita será destaque na edição do começo do segundo semestre da GQ Magazine, meses importantes para o mercado de revistas por serem as férias de verão na França (e assim, o pico de difusão e de leitura) e o momento de escolha do destino para férias de inverno no Hemisfério Sul. A cada edição, a GQ destina quatro páginas às viagens e ao turismo.