Com apoio de 11,3 mil torcedores, meninas do Brasil conquistam, pela quinta vez, o Torneio Internacional de Futebol Feminino.

A festa da torcida brasiliense foi do início ao fim, com direito a “ola”, arco-íris, muitos cartazes e gritos de apoio. Diante de 11,3 mil pessoas no Mané Garrincha, o Brasil foi campeão do Torneio Internacional de Futebol Feminino ao empatar em 0 x 0 com os Estados Unidos, neste domingo (21). Essa foi a quinta conquista das meninas na competição. O Brasil era o favorito porque tinha a vantagem do empate, por ter feito a melhor campanha na fase classificatória.

As jogadoras brasileiras entraram no campo do Mané com uma faixa homenageando o narrador Luciano do Valle, falecido neste ano. A descrição, “Obrigado Luciano do Valle”, agradeceu o apoio dado pelo jornalista ao futebol feminino.

Depois de um primeiro tempo disputado, o segundo contou com mais chances das duas equipes, quando Estados Unidos e o Brasil resolveram ir para cima para tentar vencer. Com isso, as defesas tiveram mais trabalho e os torcedores ganharam um bom jogo.

Essa foi a sexta edição do torneio. Com o quinto título, o Brasil só não foi campeão em 2010, quando perdeu para o Canadá. Em 2013, a conquista foi em cima do Chile, com uma goleada por 5 x 0. O sucesso em Brasília consolida a competição e o céu ainda deu uma ajuda, proporcionando um belo espetáculo momentos antes de a final começar, com um arco-íris sobre a cobertura do estádio.

FESTA

A torcida deu um espetáculo à parte. Entre os mais alegres estava Eduardo Gregório, de 54 anos. O bancário trouxe o filho, Gabriel, de 9 anos, para conhecer o Mané Garrincha. “Gosto quando tem jogos mais tranquilos como este. O clima no futebol feminino é diferente e foi uma ótima oportunidade”, disse o morador de Sobradinho.

Ele contou que fazia 20 anos que não ia a um estádio. “Essa foi a melhor oportunidade. Um estádio bonito, moderno e um bom jogo para assistir. A última vez foi no Morumbi, no início dos anos 90, ainda quando morava em São Paulo”, lembra.

O secretário de Turismo e Projetos Especiais, Luis Otávio Neves, destacou o potencial da arena brasiliense e a importância do torneio. “Já faz parte do nosso calendário. É um evento que atrai muitos turistas e a torcida brasiliense. Os resultados deste campeonato acabam atraindo também o interesse de outros eventos para o Mané Garrincha”, completa.

Leave a Reply