agnelo

Inicialmente serão aplicados R$ 50 milhões, referentes à primeira parcela do empréstimo concedido pelo BID

Investir no setor privado do DF para estimular a geração de emprego e renda foi um dos compromissos firmados pelo candidato à reeleição, Agnelo Queiroz, em visita a duas empresas da Área de Desenvolvimento Econômico (ADE) de Águas Claras, na manhã desta quarta-feira (24). O atual governador também ressaltou, na ocasião, o empréstimo de R$ 500 milhões que fez com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para a modernização e melhoria da infraestrutura desses setores.

“Nosso grande objetivo é gerar emprego e renda e discutir com os representantes das próprias áreas como fazer isso. São investimentos como o que vamos fazer nas ADEs, por meio desse empréstimo com o BID, que torna o setor competitivo e movimenta a economia. Já assinei a primeira etapa, no valor de R$ 50 milhões. Na medida em que se vai cumprindo os compromissos firmados, vamos alcançando mais recursos. E nosso projeto é criar novas áreas e trazer mais oportunidades para o setor”, afirmou Agnelo.

O atual governador disse ainda que a regularização das cidades e a aprovação do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB) e da Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) são ações fundamentais para o desenvolvimento econômico do DF. Agnelo explicou que essas propostas- que vão definir normas para construções, delimitando onde pode haver novas obras- irão agilizar a emissão dos alvarás de funcionamento e construção e dará regularidade aos serviços.

A melhoria do transporte e da segurança nessas áreas também foram questões abordadas por Agnelo. “Nesse novo projeto de transporte está previsto que, depois da substituição da frota, faremos o ajuste das linhas, a principal demanda desses setores. Em relação à segurança, contratamos 1056 policiais militares, convoquei mais 700 agora e 130 civis. Estamos melhorando também o asfalto e iluminação para dar mais tranquilidade aos trabalhadores dessas regiões.”

O presidente da empresa Japan Security, Perceu Iuata Costa, afirmou que esse governo trouxe muitos benefícios para o empresariado. “Em relação ao governo federal, a linha de financiamento, por meio do BNDES, foi uma grande ajuda para os empresários para a compra de produtos nacionais. Em relação ao governo local, as linhas de ônibus melhoraram muito para o transporte de nossos funcionários”, avaliou.

Já o presidente da empresa Garra Atacadista, Adauto Lúcio de Mesquita, disse que a visita de Agnelo ao seu empreendimento representa o carinho que o governo tem pelo setor atacadista. “Nós só temos que agradecer ao senhor, que sempre olhou pelos empresários do DF com muita atenção.”

Leave a Reply