frejat prp

Partido retira suporte político ao atual governador e migra para coligação União e Força

O Partido Republicano Progressista (PRP) anunciou na tarde desta quarta-feira, 17, apoio ao candidato ao Governo do Distrito Federal, Jofran Frejat.

“Vamos apoiar porque sabemos que Brasília não pode mais ficar nas mãos tirânicas da contramão do desenvolvimento, nós conhecemos o trabalho realizado por Arruda e conhecemos o trabalho realizado por Jofran Frejat. Temos que unir forças”, bradou o presidente do PRP, Adalberto Monteiro, candidato a deputado federal pela coligação Respeito por Brasília.

“Eu sou um companheiro de trabalho e certamente não esqueceremos quem se aliou a nós. Nesse time de candidatos, nem todos vão ganhar, infelizmente, pois são muitos pra poucas vagas, mas se há uma coisa que é certa, é que iremos governar juntos”, agradeceu Frejat.

Presente à reunião, o ex-governador José Roberto Arruda comemorou o apoio do PRP à coligação União e Força e se disse orgulhoso do nome que o substituiu na cabeça de chapa. “Eu conheço o Frejat há 40 anos. É um homem íntegro, que conhece Brasília como ninguém e que conhece muito de gestão púbica”, disse.

“Nós sofremos uma injustiça com a retirada de Arruda. Fizeram o mesmo com Joaquim Roriz. Agora o que temos é mostrar nosso trabalho e ganhar o governo”, desabafou Frejat.

“Nós vamos trabalhar nossos candidatos na proporcional, mas na majoritária, não temos dúvida que vamos fazer Jofran Frejat governador do Distrito Federal”, disse Adalberto Monteiro, que é tio de Cláudio Monteiro, secretário de Turismo do GDF e um dos mais próximos auxiliares do atual governador.

Para Frejat, é uma tendência que novos partidos se agreguem à campanha. “Aqui estão pessoas que representam o Distrito Federal em vários segmentos, formadores de opinião e homens que vivem com dedicação à vida pública. Esse apoio é fundamental para a retomada da nossa cidadania e, sobretudo, para que no dia 05 de outubro possamos, junto ao povo do Distrito Federal, comemorar a vitória”, declarou.

“O programa de governo foi feito a quatro mãos, as minhas e as de José Roberto Arruda. Já fomos referência em saúde, durante os 16 anos que eu geri esta pasta. O modelo de saúde que eu implantei em Brasília foi referência em todo o Brasil, assim como aconteceu com o modelo de educação implantado no DF na gestão de Arruda.”

Frejat também destacou a importância das obras de infraestrutura e mobilidade urbana que Arruda coordenou na cidade. “Não há quem não reconheça o legado que este homem deixou, vejo esse reconhecimento nas classes mais baixas, nas classes mais altas e por onde estamos passando.”

Leave a Reply