Adobe Photoshop PDF

A disputa a uma vaga no Senado pelo Distrito Federal teve esta semana a desistência do ex-deputado Alberto Fraga (DEM). O fato reforçou a candidatura à reeleição do senador Gim Argello (PTB). O deputado federal José Antônio Reguffe (PDT) continua na liderança, seguido do petista e também deputado federal Geraldo Magela. Na pesquisa do Instituto Dados, Reguffe se isolou na liderança ao Senado, com 24,5% das intenções de voto. Magela continua em segundo e registrou 11,2%. O terceiro lugar é ocupado por Gim Argello com 8%. Fraga é o quarto e chega a 7%. Se conseguir transferir os votos, Gim fica numa situação boa na disputa.

***

Verde, branco e nulo

Candidato ao Senado pelo Partido Verde e ex-secretário de Meio Ambiente do governo Agnelo, Eduardo Brandão tem 4,6%. Os eleitores que se declaram indecisos somam 25,7%. Os que pretendem votar em branco ou anular o voto são 18,9%. Apenas uma vaga está em disputa.

 ***

Cenário 2

O Instituto Dados também quis saber a opinião do eleitor brasiliense em um segundo cenário com Fraga sendo substituído por Eliana Pedrosa (PPS). Os números ficaram assim: Reguffe, 23,2%; Magela, 12,1%; Gim, 9,1%; Eliana, 5%; Brandão, 4,3%. Brancos, nulos e indecisos somam 46,4%.

 ***

Cenário

Em outro cenário, incluindo os nomes de Eliana Pedrosa e Alberto Fraga na disputa a situação dos candidatos fica assim: Reguffe, 24,2%; Magela, 10,6%; Gim Argello, 7,8%; Fraga, 6%; Eliana, 4,8%; e Eduardo Brandão, 3,7%. Brancos, nulos e indecisos são 42,8%

 ***

Rejeição

A pesquisa também quis saber quais os candidatos o eleitor não votaria de jeito nenhum. O ranking da rejeição para o Senado é esse: Alberto Fraga, 13,8%; Geraldo Magela, 12,8%; Gim Argello, 11,8%; Eliana Pedrosa, 11,3%; Eduardo Brandão, 6,8%; e Reguffe, 4,8%

 ***

Eliana e Fraga

Mesmo tendo o nome colocado na corrida ao Senado, a deputada Eliana Pedrosa mantém sua posição de candidata ao Palácio do Buriti. Costura acordos para viabilizar a candidatura. Alberto Fraga vai disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados. Em 2010, teve quase 520 mil votos para o Senado.

 ***

Levantamento

O Instituto Dados ouviu 3 mil eleitores entre os dias 24 a 30 de maio em todas as regiões do Distrito Federal. A margem de erro é de 1,8% e o intervalo de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE) sob o nº 00010/2014 e no TSE nº 00138/2014.

 ***

(Coluna Coletivo Político publicada na edição de 4 de junho de 2014, no Jornal Coletivo)

Leave a Reply